Como fazer seu planejamento de marketing para 2015

Como fazer seu planejamento de marketing para 2015

O ano de 2015 já começa quente para os meios de comunicação tradicionais (rádio, impresso e TV): o mercado está em um declínio sem volta. Além de coletar notícias dos bastidores, basta ver as constantes trocas da grade de programação da TV aberta além do fim de alguns luxos, como deixar um artista “na geladeira”, representado na rescisão da Globo com a Xuxa.

Não significa que eles estão falidos, apenas que agora com a internet o investimento publicitário será menor. Nos EUA, o investimento no digital já irá ultrapassar o tradicional em 2016. Como no Brasil as coisas funcionam um pouco mais devagar, ainda não há previsão para este cenário.

Como fazer um planejamento de marketing digital para 2015

Chegou a hora definitivamente de entrar na internet e se consolidar. Independente da sua verba, este artigo vai lhe ajudar a se planejar e ter um bom retorno em cima do seu investimento. São 5 passos, em forma de checklist para você tomar as decisões corretas e economizar muito dinheiro.

1 – Redução Drástica dos Flyers e Panfletos

Além do benefício para o meio ambiente, você deve reduzir drasticamente os flyers, folders e panfletos da sua empresa. Só faça se for extremamente necessário e estiver alinhado com os objetivos do seu departamento comercial ou seu representante de vendas.

O valor investido (design + impressão + distribuição) para 5 mil flyers terá um mínimo de R$500 e sua distribuição será imprecisa, quase que aleatória. No Facebook, com design, gerenciamento e a compra de mídia da rede social (anúncios) por um profissional especializado, com os mesmos R$500 você consegue atingir cerca entre  70 a 100 mil pessoas.

Exemplo: Se você tem um restaurante japonês, você pode anunciar somente para pessoas da sua cidade ou região que gostam de comida japonesa.

2 – Reformulação do seu site

Acesse o seu site do celular e veja o caos. Hoje, as pessoas tomam decisões a qualquer hora: na rua, na sala de espera de consultório médico, de um táxi ou em casa, onde muitas vezes elas não têm computador ou não têm o costume de ligá-lo. São mais de 20% do seu público alvo que está indo para os braços do seu concorrente.

Exemplo: Site da Veronica Frenkielcriação-site-doces

A Veronica Frenkiel é uma empreendedora individual e apostou em um site inteligente para ser visualizado a qualquer hora ou lugar. Os clientes podem fazer seus pedidos via telefone ou e-mail direto do site.

3 – Redes Sociais x Mídias Sociais

Deixe as propagandas e promoções para criar anúncios dentro do Facebook. Na sua fanpage, invista em conteúdo atrativo e aja como se fosse um usuário, humanizando sua marca. Para facilitar seu trabalho, utilize a regra 10/2, ou seja, a cada 10 posts, 2 são para falar sobre você e 8 são para você fornecer algo útil para a sua base.

Também não saia criando várias contas em redes sociais diferentes se não tiver uma pessoa para cuidar adequadamente de cada uma. O Facebook e o Instagram já são suficientes para lhe trazer resultados.

Exemplo 1:

post-facebook-wizard

Para a Wizard, nós demos uma dica para as mamães do Guarujá no final de semana e segmentamos somente para elas. Hoje, já é possível fazer uma publicação segmentada sem investimento, porém uma publicação promovida como esta faz sua mensagem ser amplificada no público que você escolher.

Exemplo 2:

face-ads-casa-do-povo

Anúncios para curtidas na página podem trazer um excelente resultado com baixo custo. Este anúncio que criamos para a Casa do Povo gerou 1.813 curtidas na página com apenas R$34, um custo de apenas 2 centavos por conversão.

Exemplo 3:quem-casa-quer-anuncio

Em pleno dezembro, quando os anúncios do Facebook estão mais caros, esta campanha feita somente para mulheres que estão noivas teve um custo de apenas R$0,15 o clique. Detalhe: inserimos um botão CTA “Comprar Agora” e o preço, trazendo pessoas extremamente qualificadas ao site.

4 – Conteúdo

Ajude uma pessoa e ganhe pontos. Este é o lema para 2015! Um blog é uma ferramenta que você pode criar valor e estar em contato com a pessoa que está no ponto zero, ou seja, antes da fase de busca. O marketing de conteúdo é a estratégia mais completa, pois integra com rede social e é amigável com o Google.

Exemplo:

marketing-conteudo-spessoto

Fizemos uma matéria para meninas de 13 a 14 anos que estão sonhando com o tão desejado momento: sua festa de 15 anos. Com uma publicação segmentada, atingimos mais de 5 mil pessoas dentro do público alvo.

5 – Não estimule SAC nas Redes Sociais

Como as redes sociais são públicas, sua empresa fica exposta à criticas e erros. Obviamente que você deve ter uma boa estratégia de atendimentos em todos os canais e responder sempre da melhor maneira possível. No entanto, o ideal é estimular redes privadas, como o WhatsApp para que a conversa não seja exposta.

Quer vender mais em 2015? Clique aqui e consulte nossos especialistas.

Comentários

comentários