Facebook copia Google e aperta o cerco contra as fanpages

Facebook copia Google e aperta o cerco contra as fanpages

O Facebook lançou sua mais impactante atualização em seu algoritmo. Inspirado pelo Google, que tem uma forte política antispam, a rede social irá punir quem tenta manipular a otimização do post, chamados de “Click Bait”, ou “Caçador de cliques” em uma rápida tradução livre.

Desde que iniciou seu projeto de posts de super qualidade, o Facebook tenta combater o spam e conteúdos fracos. Desta vez, o alvo são aqueles títulos sensacionalistas que nada tem a ver com a matéria. Neste artigo, vou mostrar para você, sem segredos, tudo o que você precisa saber para não ser punido e como a rede social irá detectar se você caçou cliques ou não.

O que não fazer

facebook-click-bait

Este exemplo acima é um típico Caçador de Cliques. Você se empolga e,  quando vai ler, descobre que é um jogador que era da categoria de base do Corinthians, foi jogar na China e no Qatar e voltou ao Brasil para ser dirigente da Chapecoense. Outro exemplo clássico são títulos com “Você não vai acreditar no que aconteceu”.

Por gerar a curiosidade e mexer com um lado sensível do nosso cérebro, que nos obriga a completar a ação para descobrir o desfecho da história, este tipo de post atrai muitos cliques e é automatizado rapidamente. Mas, isso não significa que as pessoas realmente querem ver este conteúdo, pois não há qualidade alguma.

Podem falar o que for, mas tanto o Google quanto o Facebook não querem pessoas enganadas ou insatisfeitas em seus canais. Não por eles serem bonzinhos, mas porque pessoas satisfeitas passam mais tempo no site e geram mais dinheiro, consequentemente.

Em termos de dados, o Facebook levantou que 80% de manchetes sensacionalistas levam o usuário para matérias vazias e sem valor algum.

Como o Facebook irá detectar se o seu post é Caçador de Cliques

Bom, se você escreve conteúdos de qualidade, esta atualização não irá afetar você. No entanto, o Facebook criou uma maneira simples e efetiva para descobrir se o post é sensacionalista ou não:

– verificar quanto tempo você passou lendo a notícia;

– verificar se você interagiu com o post após a leitura (compartilhou, curtiu ou comentou).

Por isso, se o seu artigo não for de qualidade, seu post e sua fanpage serão penalizados com alcance reduzido.

Postar links diretos = Fanpage mais humana

facebook-links

Outro detalhe importante é que o Facebook irá privilegiar quem postar o link direto ao invés de criar uma imagem junto com um link no texto. Calma designers de plantão! Isto não quer dizer que seu emprego está em risco. Apenas que os links terão atenção especial. Por ter um espaço maior, são mais fáceis de clicar no celular. Além disso, há um complemento maior com título e subtítulo, dificultando que o público seja enganado.

“Se as pessoas compartilham links desta forma, porque as empresas não podem fazer o mesmo?’, diz o Facebook.

Caçadores de curtidas também não serão mais permitidos

Existe uma tática chamada de like gate ou fan gate no Facebook. Você cria uma aba e exibe conteúdos diferentes para fãs e não fãs e, obviamente, quem não é fã é obrigado a curtir para ter acesso ao conteúdo desejado.

Obviamente que o Facebook também está de olho em maior lucro para anúncios, porém a lógica é que você não deve trocar seu curtir por um conteúdo.

Agências x Secretárias

Esta série de mudanças do Facebook tornam a rede humana para pessoas e profissional para as empresas. É cada vez mais necessário ter uma agência ou um profissional qualificado cuidando da rede social. Deixar a fanpage na mão do sobrinho ou da secretária, ou ainda o próprio empreendedor atualizar nos horários vagos será um grande problema em 2015.

O artigo em uma frase

Escreva conteúdos de qualidade e, acima de tudo, cumpra suas promessas sempre!

Comentários

comentários