Facebook vai punir propaganda gratuita de empresas em novo algoritmo

Facebook vai punir propaganda gratuita de empresas em novo algoritmo

O Facebook está cada vez mais agressivo. A rede social vai lançar uma grande mudança em seu algoritmo para punir publicidade gratuita. Caso ele identifique um post com propaganda excessiva a punição será: queda de alcance! No entanto, não se desespere porque esta é uma das melhores notícias do ano. Preparei um artigo detalhando toda esta mudança e porque ela é boa para todos nós.

O que o Facebook vai punir?

Facebook não é classificados. As pessoas não querem isso.

Facebook não é classificados. As pessoas não querem isso.

Para quem não acompanha o blog da Iska, o Facebook já passou a punir posts do estilo “Curte ou Compartilha” e os famosos “Caçadores de cliques” analisando se o visitante fica tempo suficiente no seu site. Além disso, ele está aceitando sugestões para que os usuários façam pequenas alterações no algoritmo.

O Facebook deu esta seguinte declaração sobre este novo e feroz algoritmo, que irá ao ar em janeiro de 2015: “Como parte de uma pesquisa em andamento pedimos a opinião de centenas de milhares de pessoas sobre como elas se sentem sobre o conteúdo na linha do tempo. A maioria das pessoas nos disseram que queriam ver mais histórias de amigos e páginas que lhe interessam, e menos conteúdo promocional”.

O motivo é simples: Todo o dia são 1.500 publicações relacionadas com você (amigos, páginas, eventos e grupos). Destas, o Facebook separa as 300 melhores e, segundo o próprio Mark Zuckerberg as pessoas leem apenas 100. Isto é sinal que diariamente, você deixa 1.400 histórias para trás. É uma guerra por um espaço extremamente disputado em que só os melhores sobrevivem.

Se você fizer um post estilo anúncio de revista, você entrará no facão deste novo algoritmo

Se você fizer um post estilo anúncio de revista, você entrará no facão deste novo algoritmo

Com isso, está mais do que claro que panfletos, anúncios de jornal que são espalhados nas fanpages e publicações no melhor estilo varejo não são bem vistos pelas pessoas.

Como o novo algoritmo vai afetar você

Na verdade o Facebook está mostrando a todos como deve se trabalhar na rede social. Afinal, ela é composta por pessoas e há mais de um ano, tanto os diretores da empresa quanto os maiores profissionais de social media do mundo afirmam: “os posts da sua fanpage devem ser parecidos com o de uma pessoa normal”.

Quanto mais as pessoas não entenderem isso, mais o Facebook vai criar regras e modificar seu algoritmo para forçar que todos cumpram as regras. Caso você queira vender, utilize os anúncios.

Esta notícia é excelente para agências e profissionais especializados em redes sociais. Significa que, cada vez mais, empreendedores e profissionais desqualificados que tratam o Facebook como microondas (aperte um botão e está pronto) vão precisar abrir o bolso para contratar experts no assunto.

De qualquer forma, em seu comunicado oficial o Facebook não mostra como será identificado um post excessivamente promocional. Segundo Jon Loomer, o qual considero o maior profissional especializado na rede social, a empresa irá se basear em relatos de usuários

Na minha opinião, para acelerar este processo o Facebook deveria ter seu programa de certificação e um suporte qualificado, parecido com o que o Google já apresenta. Assim, os profissionais virariam verdadeiros evangelistas da empresa, teriam menos dúvidas e investiriam mais na plataforma.

People First!

Corra e anote este mantra: People First, People First, People First! Se você não colocar as pessoas em primeiro lugar, seu trabalho no mundo digital será um grande desperdício de tempo. O modelo de negócios do Facebook é ser funcional, ter crescimento de usuários e, acima de tudo, ter usuários felizes. É por isso que é o site mais acessado do mundo, o site com maior permanência de tempo e, agora, o site com maior número de plays em vídeos diariamente.

Enquanto o Facebook for a maior rede social do mundo, as empresas virão atrás, gostando ou não. Caso queira um breve de checklist de como agir para mudar drasticamente, segue abaixo:

  • Diminua a frequência de suas publicações
  • Publique conteúdo interessante para as pessoas
  • Não seja um vendedor chato
  • Deixe a venda direta somente para anúncios
  • Troque posts de venda por cases. Mostre como a sua empresa muda a vida das pessoas.

A cada dia temos uma mudança significativa no mundo do marketing digital. Não quer perder nada? Temos uma página no Facebook para ajudar você profissional, empreendedor e estudante. Basta clicar aqui e se juntar a nós.

Comentários

comentários