4 cases que provam que sua empresa está exposta nas redes sociais

4 cases que provam que sua empresa está exposta nas redes sociais

As redes sociais só se tornaram plataformas de sucesso porque são formadas por pessoas. Há seis anos atrás, praticamente nenhuma empresa participava das redes de maior sucesso, como Fotolog e Orkut. No entanto, o tempo passou e as pessoas continuam donas da rede, podendo acabar com a reputação de uma empresa, nem que seja por um dia.

Hoje, qualquer publicação pode ser distorcida e sua empresa deve estar sempre em alerta nas redes sociais. Por isso, separei 4 cases que se iniciaram online ou offline e como foi feita a gestão de crise:

1 – Rede Cinépolis e a Homofobia

crises-redes-sociais-praia-futuro

O que aconteceu: Um post de um professor de João Pessoa deixou a rede Cinépolis em situação delicada. Ao comprar um ingresso para assistir o filme Praia do Futuro, que contém uma cena de sexo entre dois homens, ele foi avisado que o filme continha esta cena e seu ingresso recebeu um carimbo escrito “Avisado”.

Esta foi uma maneira que a empresa encontrou para evitar a devolução do dinheiro de ingressos para pessoas que se sentirem incomodadas com a cena.

Como a empresa agiu: Noticiou que o carimbo escrito “Avisado” era sobre a questão de meia entrada e nada tinha a ver com o conteúdo do filme. No entanto, uma funcionária da empresa, que não quis ser identificada, desmentiu, alegando que o carimbo era uma norma para a toda rede durante as sessões do filme.

2 – Joanna e o Bom Negócio

gesta-crise-bom-negocio

O que aconteceu: Famosa por comerciais de sucesso na TV, o Bom Negócio derrapou nesta semana ao enganar seu público. Uma imagem de banco de imagens foi publicada no Facebook como se tivesse sido enviada por uma cliente chamada Joanna. O fato gerou indignação na fanpage da empresa.

Como a empresa agiu: Deletou o post e parou de fazer publicações novas até a poeira baixar. O último post já tinha 24h no momento em que este artigo foi escrito e foi alvo de gozações:

gestao-crise-bom-negocio

 

3 – Bis e o Duplo Sentido

gestao-de-crises-bis-chocolate-facebook-engole

O que aconteceu: A publicação acima foi feita na fanpage do Bis e dividiu opiniões. Enquanto muitos levaram a mensagem com bom humor, outros acusaram a empresa de apelo erótico e machista.

Como a empresa agiu: Retirou a publicação do ar e divulgou uma nota na imprensa dizendo que retirou do ar porque o post gerou opiniões de diversas naturezas.

4 – Dono de Bar discute com consumidor no Facebook

gestao-crise-phoenix-bar

O que aconteceu: Consumidora reclama de atendimento de um bar de Curitiba e o próprio dono respondeu no Facebook ofendendo a cliente. Entre as pérolas, chamou a mulher de “mana” e disse que, se ela não tinha 11 reais para pagar numa cerveja, que pagasse 3 reais no Extra para tomar em casa.

Como a empresa agiu: O dono afirmou que deixou seu Facebook aberto e as respostas foram feitas por um funcionário. Outros funcionários vieram a público na rede social alegando a mesma versão. Em entrevista à Band FM, uma profissional do PROCON sugeriu que a consumidora procurasse seus direitos.

Hoje o Facebook conta com 90 milhões de brasileiros e as empresas devem ter um profissional qualificado operando a rede social. Por isso, criamos uma página com dicas para auxiliar empresários, estudantes e profissionais.

Comentários

comentários